... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. Mídias
  2. Quati

Quati

Publicado por Aléssio F.

no dia 16/09/2020

48 visualizações

0 comentário

Quati

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Um belo quati ruivo com um sapoti na boca. Registro realizado na APA Aldeia Beberibe, Camaragibe, no dia 5 de setembro de 2020.

Na APA Aldeia-Beberibe, muitos moradores têm relatado um aumento no número de quatis avistados em jardins e até mesmo próximos de casas. Provavelmente os quatis estão sendo atraídos por recursos alimentares fornecidos deliberadamente por alguns moradores ou são atraídos pela presença de lixo mal acondicionado e de fácil acesso. Tudo isso potencializado pela redução de seu espaço vital por causa dos desmatamentos e ocupação desordenada da APA. É muito importante que animais selvagens não sejam alimentados, pois o aumento de contato entre a fauna selvagem e seres humanos pode gerar conflitos e acidentes [1]. como também a possibilidade de transmissão de patógenos.

Os quatis são mamíferos carnívoros de médio porte muito comuns e abundantes em praticamente toda a extensão da Mata Atlântica [2]. Na verdade a espécie Nasua nasua, como é conhecida cientificamente, apresenta uma grande distribuição geográfica e está presente em ambientes de florestas tropicais úmidas da America do Sul. São procionídeos com um focinho comprido terminando em um rinário flexível. Seu nome popular, quati, é originário do tupi e significa «nariz pontudo». Possui uma cauda peluda e listrada que frequentemente é mantida na vertical quando o animal está forrageando no solo. São ótimos escaladores de árvores.

São animais sociais e podem viver em grandes bandos os quais sãos constituídos predominantemente por fêmeas e seus filhotes. Os machos adultos são solitários. São animais diurnos e passam a noite dormindo em árvores.

Os quatis são onívoros e se alimentam de frutos e invertebrados [3]. São considerados bons dispersores de sementes de algumas espécies de plantas nativas da Mata Atlântica. Grande parte das espécies de frutos consumidos pelos quatis são de plantas pioneiras. Suas sementes passam pelo trato digestivo dos quatis. Estes animais carregam florestas na barriga!

Em ambientes fragmentados, como na APA Aldeia Beberibe, os quatis podem exercer um «papel-chave» na manutenção dos serviços de dispersão de sementes para uma grande variedade de espécies e podem promover a manutenção da diversidade genética entre manchas de floresta, carregando sementes de um local para o outro, favorecendo, desta forma, a regeneração de áreas perturbadas [4].

Marcadores do autor

Observações

[1Bittner, G. C., Hans, N. R., Neto, G. H., Morais, M. O., Hans Filho, G., & Haddad Jr, V. (2010). Coati (Nasua nasua) attacks on humans: case report. Wilderness & environmental medicine, 21(4), 349-352.

[2Lima, F., Beca, G., Muylaert, R. L., Jenkins, C. N., Perilli, M. L., Paschoal, A. M. O., ... & Cherem, J. J. (2017). ATLANTIC‐CAMTRAPS: a dataset of medium and large terrestrial mammal communities in the Atlantic Forest of South America. Ecology, 98(11), 2979-2979.

[3Alves-Costa, C. P., Da Fonseca, G. A., & Christófaro, C. (2004). Variation in the diet of the brown-nosed coati (Nasua nasua) in southeastern Brazil. Journal of mammalogy, 85(3), 478-482.

[4Alves-Costa, C. P., & Eterovick, P. C. (2007). Seed dispersal services by coatis (Nasua nasua, Procyonidae) and their redundancy with other frugivores in southeastern Brazil. Acta Oecologica, 32(1), 77-92.

Comentar

Quem é você?

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal