... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. Mídias
  2. Phyllomys sp

Phyllomys sp

Publicado por Aléssio F.

no dia 18/11/2021

52 visualizações

0 comentário

Rato-de-espinho Phyllomys sp

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Phyllomys é um dos gêneros mais diversos entre o grupo de roedores da família Echimyidae, conhecidos popularmente como ratos-de-espinho. Em inglês são chamados de spiny tree rats. São conhecidas 13 espécies de Phyllomys, a maior parte ocorrendo na Mata Atlântica e uma nova espécie descrita para o Cerrado [1].

Os ratos-de-espinho possuem hábito noturno e são exímios escaladores de árvores. Sua dieta é composta fundamentalmente de folhas. Por causa destas características, são espécies dificilmente capturadas por métodos tradicionais, como armadilhas com isca. Raros em levantamentos faunísticos, a história natural, comportamentos e relações ecológicas destes ratos ainda são largamente desconhecidas.

Os membros do gênero Phyllomys possuem geralmente uma pelagem dorsal marrom avermelhada e o ventre pode ser totalmente branco apresentando tonalidades marrom acinzentadas. Algumas espécies apresentam pequenos espinhos (pêlos aristiformes) na região posterior do dorso. Daí o seu nome popular. Possuem grandes olhos, pequenas orelhas arredondadas e longas vibrissas mistaciais (bigodinhos) que podem ultrapassar a região das orelhas. A cauda é um pouco menor do que o comprimento da cabeça e corpo. Algumas espécies apresentam um pequeno tufo de pelos na ponta da cauda formando um pincel [2].

Registro realizado no dia 13 de novembro de 2021. Este rato estava descansando entre os caibros do telhado de uma casa na borda de um fragmentos de Mata Atlântica da APA Aldeia Beberibe, Pernambuco. Nesta mesma casa também foram encontrados, em 2008, outros três indivíduos de Phyllomys, dois adultos e um filhote, indicando um possível comportamento de cuidado biparental [3].
.

Marcadores do autor

6/6
1/6

Observações

[1Machado, L. F., Loss, A. C., Paz, A., Vieira, E. M., Rodrigues, F. P., & Marinho-Filho, J. (2018). Phylogeny and biogeography of Phyllomys (Rodentia: Echimyidae) reveal a new species from the Cerrado and suggest Miocene connections of the Amazon and Atlantic Forest. Journal of Mammalogy, 99(2), 377-396.

[2Leite, Y. L. (2003). Evolution and systematics of the Atlantic tree rats, genus Phyllomys (Rodentia, Echimyidae), with description of two new species (Vol. 132). Univ of California Press.

[3Aléssio, F. M., & Asfora, P. H. (2015). Cuidado biparental de prole em Phyllomys sp. (Rodentia, Echimyidae). Livro de Resumos do 8º Congresso Brasileiro de Mastozoologia, 38.

Comentar

Quem é você?
  • [Conectar-se]

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal