... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. Mídias
  2. Phyllodytes luteolus

Phyllodytes luteolus

Publicado por Aléssio F.

no dia 13/10/2020

29 visualizações

0 comentário

Phyllodytes luteolus

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Phyllodytes luteolus registrada na APA Aldeia-Beberibe, no dia 25 de maio de 2019.

Esta pequena perereca depende de bromélias para sobreviver, pois utilizam estas plantas epífitas como abrigos e para a reprodução. As fêmeas depositam um a três ovos nos pequenos reservatórios de água entre as folhas das bromélias e os girinos se desenvolvem nestes espaços se alimentando de pequenos invertebrados aquáticos, inclusive larvas de mosquitos [1]. Os adultos de Phyllodytes luteolus se alimentam preponderantemente de formigas [2].

Em algumas populações de Phyllodytes luteolus os machos apresentam comportamento territorialista, defendendo suas bromélias de machos oponentes [3].

Marcadores do autor

15/15
12/15

Observações

[1Salinas, A. S., Costa, R. N., Orrico, V. G., & Solé, M. (2018). Tadpoles of the bromeliad-dwelling frog Phyllodytes luteolus are able to prey on mosquito larvae. Ethology Ecology & Evolution, 30(6), 485-496.

[2Ferreira, R. B., Schineider, J. A., & Teixeira, R. L. (2012). Diet, fecundity, and use of bromeliads by Phyllodytes luteolus (Anura: Hylidae) in southeastern Brazil. Journal of Herpetology, 46(1), 19-24.

[3Motta-Tavares, T., Maia-Carneiro, T., Dantas, L. F., Sluys, M. V., Hatano, F. H., Vrcibradic, D., & Rocha, C. F. (2016). Ecology of the bromeligenous frog Phyllodytes luteolus (Anura, Hylidae) from three restinga remnants across Brazil’s coast. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 88(1), 93-104.

Comentar

Quem é você?
  • [Conectar-se]

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal