... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. Mídias
  2. Caranguejo uçá

Caranguejo uçá

Publicado por Aléssio F.

no dia 15/10/2020

45 visualizações

0 comentário

Caranguejo uçá

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Caranguejo-uçá registrado em um trecho de mangue do rio Mamucabas, em Tamandaré, litoral sul de Pernambuco. Ucides cordatus é uma grande espécie de caranguejo característica de florestas de mangue com ampla distribuição ocorrendo desde o sul da Florida, ilhas do Caribe, todo o litoral brasileiro até o Uruguai. É considerada uma espécie chave nos ecossistemas de mangue já que são agentes importantes nos ciclos de nutrientes, notadamente nos ciclos de nitrogênio e carbono.

O caranguejo-uçá é uma espécie herbívora e se alimenta principalmente de folhas que caem no chão do mangue. Em determinadas regiões, estes caranguejos são responsáveis pelo consumo de até 81% de folhas e propágulos, principalmente de Rhizophora mangle [1].

Em manguezais, notadamente da região Nordeste do Brasil, a captura artesanal de caranguejo-uçá é uma fonte de renda importante para populações de pescadores. Esta atividade chamou a atenção de Josué de Castro, médico e geógrafo recifense, autor da obra «Geografia da fome». Em 1935, Josué escreveu o artigo «O ciclo do caranguejo», que deve ter inspirado fortemente, anos depois, Chico Science e todo o universo do Movimento Mangue. Um importante trecho do artigo diz:

... o mangue foi feito especialmente para o caranguejo. Tudo aí, é, foi ou está para ser caranguejo, inclusive a lama e o homem que vive nela. A lama misturada com urina, excremento e outros resíduos que a maré traz, quando ainda não é caranguejo, vai ser. O caranguejo nasce nela, vive dela. Cresce comendo lama, engordando com as porcarias dela, fazendo com a lama a carninha branca de suas patas e a geleia esverdeada de suas vísceras pegajosas. Por outro lado o povo daí vive de pegar caranguejo, chupar-lhe as patas, comer e lamber os seus cacos até que fiquem limpos como um copo. E com a sua carne feita de lama fazer a carne do seu corpo e a carne do corpo dos seus filhos. São cem mil indivíduos, cem mil cidadãos feitos de carne de caranguejo. O que o organismo rejeita, volta como detrito, para a lama do mangue, para virar caranguejo outra vez.

A destruição dos habitats de mangue aliada a uma exploração cada vez maior de caranguejo tem causado uma diminuição acentuada de estoques naturais de Ucides cordatus, pondo em risco a própria espécie, mas também a sustentabilidade e cultura de todo um grupo de pessoas que vive deste recurso.

Marcadores do autor

Observações

[1Nordhaus, I., Wolff, M., & Diele, K. (2006). Litter processing and population food intake of the mangrove crab Ucides cordatus in a high intertidal forest in northern Brazil. Estuarine, Coastal and Shelf Science, 67(1-2), 239-250.

Comentar

Quem é você?

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal