... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. Mídias
  2. Formigas-cortadeiras

Formigas-cortadeiras

Publicado por Aléssio F.

no dia 09/12/2019

40 visualizações

1 comentário

Formigas-cortadeiras

Escala do sujeito : não informado

Descrição

Formigas-cortadeiras do gênero Atta (Hymenoptera, Formicidae) carregando fragmentos de folhas para o formigueiro. Tais animais são considerados engenheiros de ecossistemas, pois podem, com seu grande número de indivíduos, biomassa total e comportamentos, modificar grande áreas de habitats naturais. Em um único formigueiro podem ser encontrados mais de 600 mil indivíduos, incluindo pupas e larvas [1].

Na verdade as formigas cortadeiras não comem as folhas cortadas. As formigas levam o material vegetal para o ninho, onde, em numerosas câmaras subterrâneas, cultivam fungos os quais servem como seu principal alimento. Dependendo do tamanho da colônia e da espécie de formiga, as taxas de consumo por ano de material vegetal pode variar entre 70 e 500 kg por colônia [2].

Popularmente é chamada de saúva. Na época reprodutiva, fêmeas aladas (tanajuras) saem do ninho e se dispersam para formar novas colônias.

Marcadores do autor

37/37
5/37

Observações

[1Lewis, T., Pollard, G. V., & Dibley, G. C. (1974). Rhythmic foraging in the leaf-cutting ant Atta cephalotes (L.)(Formicidae: Attini). The Journal of Animal Ecology, 129-141.

[2Leal, I. R., Wirth, R., & Tabarelli, M. (2014). The multiple impacts of leaf‐cutting ants and their novel ecological role in human‐modified neotropical forests. Biotropica, 46(5), 516-528.

Seus comentários

  • no dia 9 de dezembro de 2019 as 21:17, por José Alexandre da Silva Neto

    Muito interessante.

Comentar

Quem é você?

Pour afficher votre trombine avec votre message, enregistrez-la d’abord sur gravatar.com (gratuit et indolore) et n’oubliez pas d’indiquer votre adresse e-mail ici.

Inclua aqui o seu comentário

Este campo aceita os atalhos SPIP {{negrito}} {itálico} -*liste [texte->url] <quote> <code> e o código html <q> <del> <ins>. Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.

Apoie o Portal