... e do Mundo! Fotografe, localize, compartilhe!
  1. APA Aldeia-Beberibe

APA Aldeia-Beberibe

A Área de Proteção Ambiental Aldeia-Beberibe foi criada por um decreto governamental no dia 17 de março de 2010. Esta APA engloba uma das regiões prioritárias para a conservação da biodiversidade da Mata Atlântica do Nordeste do Brasil. As APAs são consideradas espaços de planejamento e de gestão ambiental de grandes áreas que possuem ecossistemas de importância regional. De acordo com a lei federal 9.985/2000 que estabelece o Sistema Nacional de Unidades de Conservação, a Área de Proteção Ambiental permite a exploração de recursos naturais de acordo com limites específicos estabelecidos pelo plano de manejo de cada unidade de conservação.

A maior parte dos quase 32 mil hectares da APA Aldeia-Beberibe está distribuída na formação geológica Barreira e é constituída por sedimentos arenosos-argilosos não consolidados, de origem continental. Esta formação conserva importantes lençóis freáticos, mantidos pela presença de grandes áreas de Mata Atlântica. De fato, as florestas estocam água em seus tecidos vegetais e principalmente no solo. O desmatamento conduz a uma liberação importante de água dos estoques subterrâneos e o solo sem cobertura vegetal perde a sua capacidade de retenção de água e erode com o tempo. Atualmente a APA Aldeia-Beberibe vem sofrendo com o desenvolvimento urbano, com a multiplicação de condomínios privados e a exploração descontrolada dos lençóis freáticos e o desmatamento.

A APA Aldeia-Beberibe abrange oito municípios da Região Metropolitana de Recife e inclui em seu território cinco Unidades de Conservação de Proteção Integral: Estação Ecológica de Caetés, Parque Estadual de Dois Irmãos, Refúgio da Vida Silvestre Mata de Miritiba, Refúgio da Vida Silvestre Mata de Quizanga e Refúgio da Vida Silvestre Mata da Usina São José. Nestes ambientes podem ser encontradas muitas espécies de aves, mamíferos, anfíbios, serpentes e lagartos e uma infinidade de invertebrados possivelmente ainda desconhecidos pela ciência.

ESEC Caetés

Contribuições (184)

Triar: por data, por popularidade | Exibir : 9 mídias, 15 mídias, 30 mídias por página
  • Dendropsophus elegans

    O gênero Dendropsophus possui 103 espécies formalmente descritas. Ocorrem deste o norte da (...)

    Publicado em 24/11/2017

    40 visualizações

    0 comentário

  • Boana crepitans

    Esta perereca ocorre em todos os estados do Nordeste do Brasil, norte de Minas Gerais, Espirito (...)

    Publicado em 23/11/2017

    309 visualizações

    0 comentário

  • Cerambicídeo gigante!

    Besouro serra-pau gigante da Mata Atlântica. Pertence a Ordem Coleoptera e a Família (...)

    Publicado em 21/11/2017

    129 visualizações

    0 comentário

  • Boana semilineata

    Boana semilineata é uma perereca endêmica da Mata Atlântica com ampla distribuição, ocorrendo desde (...)

    Publicado em 20/11/2017

    127 visualizações

    0 comentário

  • Amazilia versicolor

    Pequeno beija-flor (família Trochilidae) com grande distribuição na America do Sul e Brasil. (...)

    Publicado em 19/11/2017

    31 visualizações

    0 comentário

  • Trachycephalus mesophaeus

    Espécie de perereca com ampla distribuição ao longo da Mata Atlântica, ocorrendo desde o Rio Grande (...)

    Publicado em 18/11/2017

    78 visualizações

    0 comentário

  • Boana albomarginata

    Espécie de perereca relativamente comum em praticamente toda a extensão da Mata Atlântica do (...)

    Publicado em 18/11/2017

    692 visualizações

    0 comentário

  • Lagartas camufladas

    Detalhes de várias lagartas de Lepidoptera camufladas parecendo o próprio tronco onde estavam. (...)

    Publicado em 15/11/2017

    83 visualizações

    0 comentário

  • Ameiva ameiva

    Lagarto com uma das maiores distribuições geográficas no Brasil. Conhecido como calango ou (...)

    Publicado em 13/11/2017

    50 visualizações

    0 comentário

1 ... 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21

Apoie o Portal